19 de janeiro de 2015

Benefícios da dor

"We cannot learn without pain." - Aristóteles

Eu já escrevi aqui sobre o bem que a dor pode nos trazer (clique aqui pra ver o post, foi o primeiro que eu escrevi sobre isso, mas se não me engano teve outros também!) se a gente deixar: ela nos transforma em pessoas melhores e mais fortes. Mas quem sou eu pra discordar de Aristóteles e não incluir o aprendizado nessa lista de benefícios? Se a gente não sofre de vez em quando (e não necessariamente um sofrimento muito grande, pode ser um simples desconforto com alguma coisa que aconteceu), não fazemos nada pra mudar a nossa vida. E, se não mudamos nada, consequentemente não aprendemos coisas novas. Vou dar um exemplo simples: tenho certeza de que você aprendeu muito com cada relacionamento amoroso que já teve, mesmo que isso te custou uma dorzinha chata ou uma dor um pouco maior. Eu pelo menos aprendi não só com os meus namoros, mas com as pessoas que eu gostei e nem cheguei a namorar; um dia conto pra vocês meus aprendizados! Mas, voltando ao tópico: a dor é a maneira que a vida encontrou de nos ensinar as coisas. Não é o melhor método, claro, mas infelizmente é o mais eficiente; podem culpar a teimosia inerente a todos os seres humanos por isso. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário