28 de março de 2015

Não preenche mais

"Eu não acho que seja possível preencher um espaço vazio com aquilo que você perdeu. (...) Não acho que nossos pedaços perdidos caibam mais dentro da gente depois que eles se perdem. Como a Katherine. Agora foi a minha ficha que caiu: se eu de alguma forma a tivesse de volta, ela não encheria o buraco que a perda dela deixou." O Teorema Katherine

Recentemente me dei o prazer de dar uma pausa dos livros da faculdade para ler mais um livro do autor que eu tanto gosto e admiro: senhor John Green. Assim que terminar, coloco a minha critica aqui no blog. Mas essa com certeza é uma das frases que eu mais amei e que com certeza faz muito sentido. Pense: se alguém foi embora da sua vida e já não faz mais parte do que você é, isso significa que essa pessoa simplesmente não se encaixa mais naquela parte do seu coração que era reservada especialmente para ela. Claro que sempre vamos levar um pouco de quem não está mais aqui conosco, afinal as pessoas entram nas nossas vidas para nos ensinar e nos mudar, e sempre nos marcam de alguma forma. É assim que tem que ser. Mas, uma vez que você superou a perda, a volta da pessoa não vai mais conseguir preencher o espaço vazio que ela deixou: ou porque você já preencheu com outras coisas, ou porque ela não encaixa. Simples: ela te fazia muito bem, mas a vida seguiu e agora não faz mais. Porque as coisas mudam, a gente amadurece, passa a gostar de outras coisas, desgostar de outras. Viramos uma pessoa diferente, sem nunca perder de vista nossa essência. E talvez essa nova pessoa não precise mais daqueles que foram embora. É a lei da vida. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário