16 de maio de 2015

Não exija muito

"Só não exige muito de mim, às vezes minha vida cisma em estacionar em uma maré ruim."

Há alguns dias, minha vida estava justamente assim: estacionada em uma maré ruim. Quem nunca, não é mesmo? E é incrível, parece que quanto mais você pensa em tudo o que está dando errado, mais as coisas continuam dando errado. E ai, não adianta, eu não consigo ser uma pessoa legal e fingir que está tudo uma maravilha. A minha técnica é me afastar discretamente de tudo que me irrita ou que pode piorar as coisas pra não causar discórdias, e ficar perto de quem eu sei que não vai exigir muito de mim. Eu prefiro isso do que descontar minha raiva em que não tem nada a ver com o que eu estou passando. Dai, quando as coisas melhoram, eu volto a estabelecer contato com o resto do mundo. Mas ai vai uma dica: se você percebe que a pessoa não está nos seus melhores dias, não exige nada dela: nem educação, nem carinho, nem paciência. É o que dizem, se não for pra ajudar, não atrapalhe. Quando a tempestade acabar, ai você se reaproxima. Ok?  

Nenhum comentário:

Postar um comentário