9 de maio de 2015

Tome distância

"Quando você toma uma certa distância do problema, consegue enxergar-lo do real tamanho que ele é."


Da série de melhores conselhos que eu já recebi, deixo aqui um que me ajudou demais e dedico a minha amiga que me ensinou isso. Sabe quando a vida começa com aquela graça de jogar em cima de nós um monte de problemas de uma vez só, e de repente nos vemos em um mar de coisas para resolvermos? Então, é muito fácil deixar que o desespero tome conta, certo? Eu estava me sentindo exatamente assim ano passado, em um mar de águas inquietas tentando desesperadamente não me afogar. Um belo dia, minha amiga me ensinou a sair dessa enrascada: quando você está no meio desses problemas, pensa que eles são gigantescos e que você não vai conseguir resolve-los. Suba um degrau, tome uma certa distância. No nosso caso aqui, saia da água e fique na praia. Agora olhe para eles. Veja como são muito menores daqui de cima. Se necessário, pense que as coisas podiam ser muito piores, e que isso tudo é fichinha perto do que algumas pessoas precisam enfrentar. Viu? Agora desça de novo e encare. Força.

Nenhum comentário:

Postar um comentário