14 de junho de 2015

I'm a mess

"Embrace the glorious mess that you are." - Elisabeth Gilbert

Se alguém pudesse olhar dentro da minha cabeça e do meu coração, veria a bagunça que eu sou. Uma mistura incerta de emoções e sensações. Um embate constante entre pensamentos bons e ruins. Uma mistura de tranquilidade e crise existencial. E não, eu não sou bipolar. Só sou inconstante. Uma hora estou calma e relaxa, tenho certeza de que tudo vai dar certo. Na hora seguinte, já vou mais para o lado do desespero. Só não deixo que ele me domine por muito tempo, sempre tento deixar o lado da tranquilidade prevalecer. Tudo isso é normal, sou assim e aprendi a me aceitar. Queria muito ser aquelas pessoas que não deixam nada nem ninguém abalar a sua paz interior, mas simplesmente não consigo. Então, decidi abraçar a bagunça que sou. Tenho certeza que muitas pessoas são assim também. Ser muito sensível cansa, mas faz parte. E a maneira que eu encontrei de tentar organizar tudo o que acontece dentro de mim foi a escrita: no papel ou na tela do computador, tudo parece mais claro e organizado.

P.S.: Para quem não sabe, Elisabeth Gilbert é uma escritora norte-americana e autora do livro "Comer, Rezar, Amar", que também virou um filme. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário