8 de julho de 2015

Indicação de série: Once Upon A Time

"E o que você acha que os contos de fada são? Eles servem para nos lembrar que nossa vida vai melhorar se tivermos esperança."
Branca de Neve 

Esse vai para os amantes de contos de fadas como eu. Ano passado, ouvia várias pessoas falando dessa série, principalmente depois que saiu a quarta temporada, e resolvi dar uma chance (até ai, a única que eu gostava era The Big Bang Theory). Não preciso nem dizer que viciei logo depois do primeiro episódio: a história te envolve de uma forma que você sente que precisa assistir o próximo episódio para saber o que vai acontecer, e descobrir quem é quem na misteriosa cidade de Storybrooke. 
"Once Upon A Time" estreiou em 23 de outubro de 2011, nos EUA pelo canal ABC. Foi criada por Edward Kitsis e Adam Horowitz, os mesmos escritores da série "Lost" e do filme "Tron: O Legado". A segunda temporada estreou em 30 de setembro de 2012, a terceira em 29 de setembro de 2013 e a quarta no ano passado, também em setembro.


Era uma vez uma Rainha Má, que, após ter sua felicidade impedida por Branca de Neve, planeja sua traição contra a princesa. Com a ajuda do (mais) malvado Rumpelstiltskin, ela lança uma maldição em toda a Floresta Encantada, aprisionando seus moradores em uma cidadezinha chamada Storybrooke, onde eles são afastados das pessoas que amam e congelados no tempo, sem lembrar de quem eram e impedidos de encontrarem a sua felicidade. Somente uma pessoa pode quebrar o feitiço. E justamente uma pessoa cuja história de vida não permite que ela acredite em contos de fadas. 


Emma Swan é órfã e nunca conseguiu encontrar um lar para chamar de seu. Desde pequena foi obrigada a se virar no mundo, enfrentando as dificuldades sem ninguém do seu lado. Nada de príncipes encantados para salvá-la. O mais próximo que teve disso foi um homem que a engravidou e a abandonou em seguida. Nada de histórias com finais felizes. Porém, no seu aniversário de 28 anos, tudo muda com a visita de seu filho, Henry. Ela colocou-o para a adoção assim que nasceu, mas, de alguma forma, ele a encontrou: e está disposto a fazê-la acreditar que é a única capaz de salvar os moradores da Floresta Encantada. 


"Once Upon A Time" tem tudo o que eu gosto em uma série: mistérios que não demoram para serem solucionados, não deixando os espectadores muito ansiosos para descobrirem; histórias que de uma forma ou de outra, se encaixam perfeitamente; romances não muito melosos, mas todos com o jeitinho Disney; aventuras, intrigas, magia. Lições que aplicam-se perfeitamente na vida real. E uma mistura de finais emocionantes com aqueles em que você tem que se controlar para não gritar "COMO ASSIM" bem alto.

A quinta temporada está prevista para setembro desse ano, com uma reviravolta na história. Ficou curioso? As três primeiras temporadas estão disponíveis no Netflix, e você também pode assistir por esse site ou por esse site

E lembrem-se:


4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. AIIIIIII Aninha. Culpa sua que eu viciei em Once Upon a Time de tanto você falar na PUC e no Capitão HOOK. HAHHAHAHA
    Faz um tempinho que não entro no seu blog...e tô passando pra falar que eu estou contando os dias pra próxima temporada. Beijos e boas férias
    Carol

    ResponderExcluir
  3. AIIIIIII Aninha. Culpa sua que eu viciei em Once Upon a Time de tanto você falar na PUC sobre a série sobre o Capitão HOOK. HAHHAHAHA
    Faz um tempinho que não entro no seu blog...e tô passando pra falar que eu estou contando os dias pra próxima temporada. Beijos e boas férias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. UHAUAHUAHAU, vício é vício né <3
      Somos duas então carol! Não vejo a hora!
      Beijossss!

      Excluir