14 de agosto de 2015

Apaixone-se

"Comovo-me em excesso, por natureza e por ofício. Acho medonho alguém viver sem paixões." - Graciliano Ramos


Se tem uma coisa que me preenche e que muitas vezes me tira do desânimo são as minhas paixões. Sou apaixonada por tudo relacionado a Harry Potter e Disney, desde criança e pra sempre, se Deus quiser. Começo a cantar que nem doida quando escuto as músicas que eu amo, e se bobear até dançar sozinha eu danço. Sei de cor e salteado as falas dos personagens dos meus filmes favoritos, e ainda me arrepio de alegria nas mesmas cenas. Me sinto completa e em paz quando pego um livro novo para ler, e completamente eufórica quando ganho um de presente. E me sinto livre e com um peso a menos na cabeça quando pego a caneta/computador e começo a escrever. Porque eu sou apaixonada por tudo isso. São essas pequenas coisas que me salvam muitas vezes de um dia horrível. Por exemplo: nessa semana tive um dia bem chatinho, e estava meio deprê. Mas foi só colocar os Jonas Brothers para cantarem junto comigo (sim, eu ainda gosto de ouvir as músicas antigas deles, não me julguem) que tudo ficou instantaneamente mais fácil. 

Paixões. Tenha as suas. Que sejam pequenas, grandes, que sejam loucas, mas apaixone-se: por alguém, por uma música, por um livro, por um filme, por algo. E não tenha vergonha de mostrar pra todo mundo o quão apaixonado você é. As pessoas podem estranhar, mas garanto: muitas queriam conseguir sentir toda essa euforia que sentimos quando entregamos nosso coração ao mundo ao nosso redor, e quando aprendemos a nos comover com a simplicidade. É o que eu sempre penso: acostume-se a achar a felicidade nas coisas mais simples, que seu dia nunca será em vão. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário