7 de setembro de 2015

Pequenas coisas


Recentemente, descobri um novo método para tentar viver meus dias de forma mais feliz. Ok, talvez não vá funcionar com todo mundo; se funcionar, me avisem, porque daí vou reclamar meu direito pelo Prêmio Nobel, combinado? Mas anda funcionando para mim, então resolvi compartilhar com vocês.
Na teoria, esse método se resume na seguinte frase: fazer pequenas coisas que te deixem feliz. Mas agora, pela primeira vez nesse blog (pasmem), vou explicar a prática. Vamos lá.

Está indo para a escola, faculdade, trabalho, inglês, sem vontade? Coloque os fones de ouvido e se entregue a uma música. Mas se entregue mesmo: cante se estiver sozinho, ou só deixe que a melodia te leve para outro lugar por alguns minutos. Normalmente, músicas antigas tem esse efeito comigo. Já escutaram “Accidentally in Love”? Impossível não ficar pelo menos um pouco feliz ouvindo ela.

Chegou em casa e está sem ânimo para fazer suas tarefas? Almoce primeiro, depois deite um pouco, relaxe por alguns segundos, leia um livro, e só depois levante e assuma as batalhas que tem pela frente. Mas eu almoço fora de casa! Então deixe esse momento relaxante para depois; o importante é parar por alguns minutos e deixar seu corpo se recompor.

Seu dia está sendo ruim? Veja um vídeo engraçado. Compre um mimo para você (normalmente, para mim, um livro funciona). Coma algo que goste (doces estão liberados, afinal, você merece uma motivação). Abrace alguém que tenha energias boas (isso mesmo, só chegue e abrace). Sente no quintal da sua casa e tome sol; um pouco de vitamina D não faz mal para ninguém.

Sua semana está péssima? Que tal termina-la indo ao cinema? Pipoca, escurinho e uma boa companhia (ou a sua própria, que às vezes pode ser a melhor de todas). Está sem dinheiro? Filme em casa e pipoca de panela funcionam do mesmo jeito. Um pouco de exercício, talvez? Pegue sua bike, calce um tênis confortável e permita-se esquecer dos problemas focando na força que seus músculos estão fazendo.

Acha que sua vida está indo de mal a pior? Calma, não é bem assim. Talvez você só precise aprender que sempre existe alguma coisa, por menor que seja, para salvar nossos dias; só que às vezes, nós é que temos que cria-la.
P.S.: Por que a foto da menina pegando bolhas de sabão? Porque crianças criam coisas pequenas que as deixam felizes o tempo todo. E nós temos muito a aprender com elas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário