25 de setembro de 2015

Tudo bem não se sentir bem

“Sometimes I’m not always doing amazing but it’s okay... because everyone struggles and it’s okay to be flowed because that’s what makes me... me.” – Demi Lovato


A gente sempre escuta/lê/ouve todo mundo dizendo para sermos fortes. Levanta a cabeça. Respira fundo. Vai passar. É só uma fase, a dor vai embora. Está tudo bem. Você vai conseguir. E por ai vai. E eu acredito que palavras de incentivo tem um poder inestimável; até porque, se eu não acreditasse nisso, qual seria o sentido desse blog? Mas venho aqui hoje dizer para vocês o seguinte: tudo bem não se sentir bem de vez em quando. Está tudo bem, pode chorar. Pode sentir a dor, não reprima, é pior. Chore mesmo, abrace quem precisa, abuse de seus amigos e de seus pais. Eles estão aqui para isso. Não está num bom dia? Tudo bem, quem disse que a vida é feita só de dias bons, não é mesmo? Está numa semana péssima? Bom, garanto que a próxima não pode ser pior. Está desanimado? É normal ué, quem nunca se sentiu assim? Fique mais na sua, tire um momento para você, nem que seja dez minutos. Permita-se não ser forte por um tempo. Permita-se ficar bravo(a) porque este “vai passar” está demorando mais do que o planejado. Demora mesmo, eu entendo. Só permita-se... todo mundo tem momentos de fraqueza. Não se preocupe, não conto pra ninguém; mas ai você me promete que, quando sentir-se pronto(a), vai se levantar e vestir sua força de novo. Combinado?

2 comentários:

  1. Primeiro post falando sobre esse assunto só que por uma forma diferente. Eu concordo. A gente precisa sentir a dor. É claro que não vai morrer sentindo ela, mas temos que ter um breve momento para senti-la. Adorei o texto! Bêjo bêjo!!

    www.itszabella.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Isa! Afinal de contas, rejeitar a dor só nos faz mal psicologicamente!
      Que bom que gostou! <3

      Excluir