8 de novembro de 2015

Amor não tem receita - por Júlia Groppo

Não adianta anotar os conselhos da melhor amiga, inspirar-se numa comédia romântica do Netflix ou mesmo achar que tudo tem um final feliz. Quer dizer, depende do que cada um toma como final feliz, não é mesmo? Porque, de longe, final feliz significa que o amor prevalecerá sob qualquer circunstância. Acredito que, final feliz mesmo, é aquele em que as coisas dão certo da forma que tinham que dar.
A verdade é que a melhor resposta está dentro do nosso coração, junto com aquilo que tomamos como verdade para a nossa vida, junto também com nossa força por buscar sempre o melhor. De que adianta cronometrar no relógio ou esperar pela ‘’hora certa’’?! Porque ouvir a todos, mas deixar de ouvir aquele que quer o seu melhor: você mesmo.
Esse é o famoso momento do ‘’coloca o mundo no mudo e escuta o teu coração’’, sabe? Vão falar, falar e falar. Mas, no fim das contas, o que importa é optar por aquilo que faz nosso coração bater mais forte e acreditar, sob qualquer circunstância, que nossa escolha é a melhor. Porque quem mais correto que nós mesmos para decidir o nosso final feliz? Seja ele qual for.
Amor não tem receita.

Júlia Groppo

Nenhum comentário:

Postar um comentário