15 de março de 2016

Entrevista: Iris Figueiredo

Foto do blog "Literalmente Falando". 
Como futura jornalista e completa apaixonada por livros, não existe pauta melhor do que falar sobre algum escritor/escritora, ainda mais uma brasileira! A minha mais nova descoberta chama Iris Figueiredo, e o que mais me chamou a atenção foi a dedicação dela em divulgar a literatura para os jovens!  

A carioca de 23 anos é autora de três livros: "Dividindo Mel", lançado em dezembro de 2011, "Confissões On-Line", lançado em novembro de 2013 (em que ela resume o drama de ser adolescente e ter um espaço como a internet para desabafar sobre temores, amizades e amores vividos), e "Confissões On-Line 2", lançado em setembro de 2015, e foi apontada pelo site da revista Capricho como "uma das apostas da literatura nacional"! Além disso, Iris é formada em Produção Editorial pela UFRJ e pós-graduada em Transmídia, e também possui um blog, o Literalmente Falando, criado em 2009 com o objetivo de divulgar a literatura voltada para o público jovem. Hoje, o site é mais pessoal, e a escritora posta eventos, dicas e crônicas de sua autoria! 

Ainda na área de incentivo à leitura, Iris organizou em 2011 e 2012 o "Clube de Leitura Niterói & São Gonçalo", um projeto que tinha como principal objetivo propagar a leitura de clássicos entre jovens leitores nas duas cidades. A iniciativa foi destaque na Revista Veja e no Jornal da Globo!

Hoje, a escritora divide seu tempo entre o blog, escrever livros e dar palestras em escolas e feiras, contando um pouco da sua trajetória e paixão pela literatura! E um pouquinho mais dela você encontra na entrevista abaixo!



Eu: Pesquisando sobre você, descobri que é formada em Produção Editorial! Por que decidiu fazer esse curso?
Iris: Eu escolhi fazer Produção Editorial pois sou apaixonada por tudo que envolve a produção do livro. Quando descobri sobre o curso, sabia que era exatamente o que eu queria fazer - trabalhar com livros, em todas as suas etapas.

Eu: Como você conseguiu ter um conto publicado na coletânea “Meu amor é um anjo”, o qual abriu as portas para sua carreira de escritora?
Iris: O editor da Draco já tinha lido um dos meus contos e gostado bastante, por isso me convidou para fazer parte da coletânea. Mas quando fui convidada, Dividindo Mel já tinha sido aprovado para publicação pela mesma editora. O conto só foi publicado alguns meses antes.

Eu: Vamos falar de inspirações! No que seus três livros são inspirados? Ou, melhor, por que você decidiu escreve-los?
Iris: Eles são inspirados em coisas diversas. As ideias acabam surgindo na minha cabeça e vou desenvolvendo os personagens e as histórias a partir do que eu já vivi, do que minhas amigas contam etc. A ideia fica na minha cabeça e não sossego até escrevê-la.

Eu: Lá em 2009, por que você decidiu criar o seu blog?
Iris: Meu pai mandou! Ele disse que só iria me deixar mexer no computador se eu dedicasse parte do meu tempo na internet produzindo alguma coisa. Eu não tinha saída, então aceitei! haha

Eu: O que a leitura representa pra você?
Iris: A leitura pra mim é companhia, mudança e salvação.

Eu: Qual o público dos seus livros?
Iris: A maioria dos meus leitores são mulheres na adolescência e início da vida adulta, mas tenho leitores de todos os sexos e idades. Acho que uma boa história serve para qualquer pessoa, mas gosto muito de escrever focando nesse público por me sentir próxima a elas.

Eu: O que você mais gosta em ser escritora?
Iris: O retorno dos leitores! Saber que minha história mexeu com eles de alguma forma é o que me dá ânimo para continuar escrevendo.

Fala se não é muito amor!
Quer conhecer mais sobre a Iris? Acesse o blog dela, ou a página do Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário