2 de maio de 2016

Peixinho fora d'água


A segunda-feira está acabando, mas ela não podia ir embora sem uma pequena reflexão minha. 

Sabe aquela expressão: "sentir-se um peixinho fora d'água"? Então, você já se sentiu assim? Porque eu, já. Recentemente, mais ainda. 

Sei lá, mas parece que às vezes as pessoas fazem questão de apontar na sua cara que você é diferente. Que você não se encaixa. Que você nunca vai ter o mínimo esforço por parte delas para se sentir bem acolhido(a). Parece que, ao excluir alguém, os outros se sentem mais incluídos ainda no grupo. Eles se sentem melhores por serem iguais e aceitos ao saber que existe alguém que está sendo colocado pra fora. É horrível pensar que existem pessoas que pensam desse jeito. Mas acredite: existem. 

Mas eu meio que cansei de me sentir assim. Cansei de me martirizar tanto por ser quem eu sou. Cansei de achar ruim o fato de eu pensar e agir diferente de outros. Porque a verdade é que eu não quero cair na armadilha de me mudar só para tentar agradar quem não me aceita. Se eu tenho pessoas que me amam assim, desse jeito, com todas as minhas qualidades e defeitos, isso basta. Na verdade, é mais do que suficiente.  

Se você já se sentiu desse jeito, sugiro que tente pensar da mesma forma que eu estou tentando. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário