15 de agosto de 2016

A eterna batalha contra a preguiça

O mundo é divido entre dois tipos de pessoas: aquelas que se admitem preguiçosas, e aquelas que escondem a preguiça que não conseguem deixar de sentir em alguns momentos. Não adianta: TODO MUNDO enrola pelo menos algumas vezes por semana (ou por dia) para começar a estudar, trabalhar, fazer exercício...

O problema é quando a preguiça vem junto com o desânimo. A gente pensa nas coisas que precisamos fazer e resolver, e dá vontade de enterrar a cabeça no travesseiro e hibernar até as próximas férias. Dá até uma angustia de pensar que não tem como fugir das responsabilidades. 

Uma hora a gente tem que tomar coragem e enfrenta-las, afinal, elas não vão se resolver sozinhas. Quer algumas dicas? Vamos lá. 

1. Faça uma lista de tudo o que você precisa resolver
Coloque nos primeiros itens aquilo que é prioridade, e nos últimos o que pode ser resolvido depois. O simples ato de riscar tudo o que você já fez te dá ânimo para continuar até que a lista acabe. 

2. Deixe seu celular, computador, livros e revistas BEM longe
Pense assim: qualquer distração vai consumir mais seu tempo e te afastar mais do maravilhoso momento em que todas as tarefas foram cumpridas e você pode finalmente ter um tempo para você. 

3. Quando puder, escute uma música para animar

Algumas tarefas mais manuais, que não exigem tanto raciocínio, podem ser feitas acompanhadas de uma boa playlist. Além de te animar, vai dar a sensação do tempo passando mais rápido. 

4. Estabeleça um intervalo de tempos em tempos
Forçar demais para fazer as coisas pode te deixar irritado(a), e aí que nada sai direito. Um intervalo de quarenta em quarenta minutos, ou de uma em uma hora, é muito bom para espairecer a cabeça e conseguir voltar com mais concentração e calma. Só não vai prolongar o tempo para mais de 15 minutos, viu?

5. Não desista se no começo a sua cabeça estiver bem devagar
É como aquecer para fazer algum exercício físico: você vai pegando o ritmo aos poucos, e uma hora seu cérebro vai estar funcionando a mil por hora! Só não desista logo no começo achando que não vai conseguir pensar em nada, ok? 

Quando você menos esperar, sua lista vai estar completamente riscada e você vai poder voltar pro Netflix, sair para caçar pokemons ou simplesmente tirar uma sonequinha. 

2 comentários:

  1. Foi pra mim né, Ana?
    De longe o meu maior defeito é a procrastinação, parece uma bigorna amarrada no pé! No momento em que li o seu post, já fui pegando minha agenda e anotando as minhas pendências e vou tentar segui-las à risca. Espero que dê certo pra mim, assim como acho que dá pra você! Beijos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nay, eu tenho esse defeito também! Espero que minhas dicas te ajudem, elas me fazem acabar com esse vício de enrolar para fazer as coisas! Hahaha, beijos lindona <3

      Excluir