5 de setembro de 2016

No meio do caminho...

No meio do caminho, tinha uma flor.
Tinha uma flor no meio do caminho. 
E em toda a sua simplicidade e beleza, ela me ensinou naquela manhã de domingo a agradecer pelo dom que Deus me deu de saber apreciar as pequenas alegrias.  
Porque, igual criança, eu me encanto com pouco e rio de forma fácil. Entre todos os defeitos que eu sei que tenho, consigo me sentir feliz comigo mesma por pelo menos ser assim. 
Afinal, esperar demais da vida é bobagem. Melhor mesmo é saber aproveitar os pequenos encantos que ela nos dá, e deixar que nos surpreenda apenas de vez em quando. 

2 comentários: