30 de novembro de 2016

Minha lista de próximos livros + pequena lição

Recentemente eu terminei de ler o primeiro livro da série "Game of Thrones", depois de quase seis meses de um relacionamento sério e conturbado! Agora, estou livre para dar atenção para a pilha de livros que se formou nesses últimos meses e mergulhar em outras histórias antes de partir para o segundo livro da coleção!

Antes de dividir com vocês quais são os meus próximos romances, gostaria de dividir uma pequena liçãoO que aconteceu foi o seguinte: a faculdade e o estágio tomam bastante tempo do meu dia, e por conta disso, não consigo ler tanto quanto gostaria. Mas nos últimos meses essas ocupações somaram-se com o pequeno vício que eu desenvolvi em mexer no meu celular antes do trabalho e nos meus curtos tempos livres. Eu gastei preciosos minutos em que eu podia estar acompanhando as aventuras da minha querida Daenerys (minha personagem favorita de GOT) ou do meu outro protegido Jon Snow, fuçando no Instagram alheio e vendo vídeos e fotos no Snapchat que não me acrescentam em absolutamente nada (apesar de serem ótimos meios de distrair a cabeça). 

Decepcionante, Ana Luísa. Uma menina que não largava os livros transformada em mais uma vítima do vício do iPhone! 

Ainda bem que eu percebi isso e mudei meus hábitos. Agora, tenho uma nova regra interna: só mexo no Instagram e no Snapchat uma vez ao dia, e uso o resto do meu tempo livre para a minha mais antiga paixão. E olha só como funcionou: li quase metade do primeiro livro de GOT em menos de um mês, e aprendi que curtir seu tempo com os livros é muito mais valioso do que com as redes sociais alheias. #ficaadica

Sem mais delongas, vamos aos meus novos amores que estão me esperando para me levar em novas aventuras e aprendizados:

1. Tá Todo Mundo Mal - Jout Jout
Achei esse livro na promoção na Bienal e não pensei duas vezes em compra-lo. Acompanho a Jout Jout faz pouco tempo, mas já sou extremamente fã do jeito que ela trata as crises que todos passamos e o seu esforço em mostrar que não estamos sozinhos. Nisso, eu e ela somos muito parecidas. E será um prazer conhecer as crises que ela passou para me inspirar a supera-las da melhor maneira possível.

2. Viva a Língua Brasileira - Sérgio Rodrigues
Esse livro foi indicação do Nelson, meu professor de inglês. Como eu e ele temos opiniões extremamente parecidas em quase todos os assuntos, se ele me disse que eu ia gostar desse livro, não iria discordar! Na verdade, só de folhea-lo eu já me encantei pela sua escrita fácil e pelas diversas dúvidas que eu tenho em relação a nossa língua que ele com certeza vai me ajudar a resolver! 

3. Confissões de uma Garota Excluída, Mal-amada e (um pouco) Dramática - Thalita Rebouças
Ai que delícia poder voltar para a minha adolescência e mergulhar em um livro de dramas teens! E melhor ainda: com o autógrafo de uma das minhas escritoras favoritas decorando a primeira página! 
Esse tipo de livro me ajudou (e MUITO) a entender que eu não estava sozinha naquele mar de hormônios e mudanças. Hoje, mais velha, eu acredito que os adolescentes são serumaninhos difíceis de lidar, mas ao mesmo tempo, que passam por muitas crises. Nós que já passamos por isso temos o dever de ajuda-los o máximo possível. Afinal, o modo como eles vão resolver esses problemas influencia muito o caráter que eles estão construindo!
Esses livros são perfeitos para relembrarmos a época de quanto qualquer desilusão amorosa parecia o fim do mundo e o quanto a gente precisava, sim, de ajuda, mesmo sem saber exatamente como pedir! Assim, podemos voltar a compreender os teens e ajuda-los a passar por cada drama que a fase lhes impõe.

4. Ansiedade: Como Enfrentar o Mal do Século - Augusto Cury

Quando você responde "sim" para quase todas as perguntas que estão na parte de trás do livro ( "Você sofre por antecipação? Acorda cansado? Esquece-se das coisas com facilidade?"), não tem muita escolha a não ser compra-lo e entender o que se passa dentro dessa cabeça inquieta! Vi muitas críticas super positivas em relação a esse escritor (que também é psiquiatra, psicoterapeuta e cientista) e quero dar uma chance para ele me explicar porque raios eu não consigo ser uma pessoa mais calma!

5. Número Zero - Umberto Eco

Ganhei esse livro de aniversário e ainda não tive a chance nem de descobrir sobre o que ele se trata. Só sei que tem jornalismo no meio. E uma história de amor. E um mistério. Portanto, as chances de eu gostar são altíssimas. Na verdade, estou gostando desse clima de abrir um livro e literalmente não saber o que esperar. Veremos!

E aí, você já leu algum desses livros? Me conta se gostou ou não, ou se ficou com vontade de ler algum! :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário