21 de novembro de 2016

Na corda bamba


Sabe aqueles segundos que se passam do momento em que você abre os olhos até ter total consciência de qual dia está e o que precisa fazer? Então, às vezes esses segundos vem acompanhados de uma sensação cada vez mais crescente de que o dia de hoje vai ser torto. Sua cabeça parece estar totalmente fora do eixo, e uma vozinha já começa a sussurrar: fique onde está e ninguém vai perceber. 


Mas, como meros mortais que somos, não podemos nos dar o luxo de continuar na cama, onde é seguro e sem desafios para a nossa falta de equilíbrio. Levantamos, já tropeçamos no nosso chinelo, derrubamos o filtro solar, quase perdemos a lente e chegamos atrasada na escola/faculdade. Ô coisa boa. 

Aí o resto do dia é como andar em uma corda bamba: se a gente fizer um movimento brusco e rápido demais, é queda na certa. Temos que prestar uma atenção extra em tudo o que estamos fazendo, ainda mais perto de outras pessoas. 

Nesses dias, é importante também aprender a rir do seu próprio desequilíbrio. Afinal, você pode até tomar cuidado com tudo o que está fazendo, mas algumas caídas vão acontecer: mais tropeços, batidas em todos os lugares, gaguejo e incapacidade de formular uma frase que faça sentido. Não se leve a sério e lembre-se que a culpa é dessa sua cabeça que acordou toda errada. 

É como dizem por aí: amanhã é um novo dia, e tenho certeza que seu equilíbrio vai voltar. 

Se você não sabe do que eu estou falando e nunca passou por um dia assim, só queria dizer que você precisa ensinar para mim e para todos os desequilibrados do mundo o seu segredo. 

2 comentários:

  1. Oizinho, tudo bem? Confesso que essa semana tem sido bem complicada para mim e eu to pensando nessa frase sempre "calma, amanhã é outro dia"...as vezes a única coisa que a gente quer é voltar a dormir e acordar quando tudo estiver melhor, mais calmo...ou, dormir por um tempo e acordar quando os problemas já tiverem se resolvido ! Obviamente e infelizmente, isso não é possível, mas é possível respirar e pensar nos dias bons e que tudo é só uma fase, tudo passa. Gostei do texto <3
    beijinhos
    http://isah-cerejasvoadoras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Isah! Tudo bem?

      Quantas vezes nesse ano eu pensei assim que acordei: "Tem como fazer um clone meu pra ele viver o dia no meu lugar?". Hahahaha, juro!! Você não está sozinha nessa!

      Mas o segredo é sempre viver uma coisinha de cada vez, focar em apenas um obstáculo e só depois pensar nos outros!

      E claro que tudo passa! Sempre!

      Obrigada pelo carinho <3

      Excluir