7 de março de 2017

Em frente

"If you can't fly then run, if you can't run then walk, if you can't walk then crawl, but whatever you do you have to keep moving forward." - Martin Luther King 


Assim como um final de ano pode vir cheio de alegrias e expectativas, o seu começo pode vir acompanhado daquela famosa sensação de "estar de saco cheio de tudo". Nossa, mas já? Sim, já. Os papéis se inverteram e nem dá para nos culpar. Culpe, sim, a vida, que não sabe que quando os 365 dias acabam, ela tem que deixar pra trás tudo o que nos machucou neste período e ficar novinha em folha para enfrentar o que está por vir com ânimo. 

A verdade é que a gente não consegue saber quando esta sensação vai chegar. No começo, no meio ou no fim, não importa: ela sempre nos faz querer jogar tudo pro alto e sair correndo para o mais longe possível de tudo o que exige um mínimo de paciência. Melhor: dá vontade de virar criança de novo e fazer birra, sentar e recusar-se a dar mais um passo que seja. 

Acontece que a gente tem que seguir em frente. Senão, as coisas ruins vão se acumulando até virar uma bola de neve extremamente esmagadora. Então, vamos. Nem que seja para se arrastar porque nossas asas ainda não possuem forças suficientes. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário