23 de outubro de 2017

Viver para os outros

"Os rios não bebem sua própria água, as árvores não comem seus próprios frutos, o sol não brilha para si mesmo. Viver para os outros é uma regra da natureza. A vida é boa quando você está feliz, mas é muito melhor quando os outros estão felizes por sua causa". - Papa Francisco 


Ir ao shopping e comprar um mimo para si mesmo(a) depois de uma semana difícil é maravilhoso. As meninas que o digam. Mas ver a carinha do seu amigo(a), irmã, irmão, pai, mãe ou namorado(a) quando recebem um presente que você escolheu especialmente para eles, com todo o carinho, e acertou em cheio, deixa o coração mais quentinho ainda. Receber elogios é muito bom e faz um bem danado pra autoestima. Mas distribui-los com sinceridade e receber sorriso em troca é melhor. Ser ajudado(a) te faz sentir amado(a) e protegido(a). Mas dar apoio para quem precisa, seja alguém que você conhece ou não, te traz uma sensação incrível de ter contribuído para a felicidade de uma pessoa. Pensar em nós mesmos antes dos outros e correr atrás da nossa própria alegria é necessário e totalmente saudável. Contudo, como nos ensina Papa Francisco, pensar também no próximo é a regra básica da natureza. Porque ninguém é feliz sozinho, e a coisa mais preciosa que deixamos nesse mundo como herança são as memórias das vidas que tocamos. Então, sempre que puder, deixe sua marca positiva e lembre-se que brilhar sozinho(a) pode parecer ótimo, mas ajudar as pessoas a brilharem também torna a sua luz muito mais forte. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário