16 de março de 2018

Meu caderno de autocoaching

Como contei aqui na semana passada, comecei um processo chamado autocoaching. Antes de falar mais uma vez sobre este assunto, preciso reforçar novamente que não sou nenhuma especialista - inclusive, a maioria das reflexões e perguntas que eu faço e respondo vem de livros e vídeos de profissionais de coaching. Aqui, compartilho apenas alguns insights que apareceram e que eu acredito que vão te ajudar caso você também queria iniciar este exercício para promover um maior autoconhecimento ou para te ajudar a alcançar suas metas profissionais e pessoais. 

Dessa vez, o assunto do post está relacionado a uma ferramenta que é essencial para mim: meu caderno de autocoaching. Separei um específico e, dentro dele, estabeleci cinco divisões principais, o que está me ajudando muito a organizar todo o conteúdo que pesquiso e as ideias que vão aparecendo. Se você, assim como eu, precisa do auxílio da escrita para facilitar a vida, pode se inspirar na minha proposta para dividir seu próprio caderno. Confira: 




Nenhum comentário:

Postar um comentário