13 de abril de 2018

Desculpas para mim mesma

"Of all the people I've hurt, I've hurt myself the most; I owe myself an apology". 

Já parou pra pensar no quão grosso(a) e estúpido(a) a gente consegue ser com nós mesmos? Isso sem sentir nenhum vestígio de culpa. Quantas vezes nos auto sabotamos com pensamentos negativos em momentos inapropriados, nos cobramos para sermos melhores quando, na verdade, já estamos dando tudo o que podemos, ou nos sentimos péssimos porque nos convencemos de que não somos bons o bastante. Esse tipo de comportamento destrutivo é completamente nossa responsabilidade e tem o poder de nos machucar até mais do que atitudes alheias. Afinal, é dentro de nós que as batalhas mais difíceis e doloridas acontecem. 

Por isso, no dia de hoje, reflita sobre tudo isso e peça desculpas para você mesmo(a) por todas as vezes que não foi uma companhia tão agradável. Prometa que vai se esforçar para ter um relacionamento mais saudável, reconhecer as qualidades e pontos fortes, respeitar os defeitos, ser menos duro e crítico, e cuidar com carinho. Tudo o que você queria que os outros fizessem por você, faça pela pessoa mais importante da sua vida. No fim das contas, é ela quem realmente importa. 

Um comentário:

  1. ô texto maravilhoso em, quase todo dia eu mesma brigo comigo, ô coisa que é difícil ter controle, mas vai dar super certo!
    Ana sua linda, fiz uma tag lá no bloguinho e te indiquei para participar, espero que goste, beijinhos <3 ó o link http://www.cleicefeitosa.com/2018/04/tag-liebster-award.html

    ResponderExcluir